sábado, 26 de fevereiro de 2011

Autismo em Belo Horizonte: Centro de Estudos Avançados de Psicologia (Ciclo C...

Autismo em Belo Horizonte: Centro de Estudos Avançados de Psicologia (Ciclo C...: "Centro de Estudos Avançados de Psicologia (Ciclo CEAP)AutismoO curso tem como objetivo capacitar profissionais das áreas da Psicologia, Saúd..."

Blog do Max e Mathe: Historia de Carly - Autsimo severo!!!!

Blog do Max e Mathe: Historia de Carly - Autsimo severo!!!!

Historia de Carly - Autsimo severo!!!!

Blog do Max e Mathe: Blog do Max e Mathe: Livro Transtorno invasivo do ...

Blog do Max e Mathe: Blog do Max e Mathe: Livro Transtorno invasivo do ...: "Blog do Max e Mathe: Livro Transtorno invasivo do Desenvolvimento!!!!!!...: 'Pessoal , Este livro contém muitas informações sobre Transtorno..."

Blog do Max e Mathe: Nova lei beneficia 20 mil autistas no Amazonas - J...

Blog do Max e Mathe: Nova lei beneficia 20 mil autistas no Amazonas - J...: "Entre seus benefícios ela prevê a criação e manutenção de unidades específicas para atendimento integrado de saúde e educaçãoManaus, 25 de F..."

Nova lei beneficia 20 mil autistas no Amazonas - Jornal A Critica!!!!!

Entre seus benefícios ela prevê a criação e manutenção de unidades específicas para atendimento integrado de saúde e educação

Manaus, 25 de Fevereiro de 2011


 Jornal a Crítica
Um dos pontos da nova lei inclui a realização de diagnóstico precoce do transtorno, ou seja, já entre 14 e 36 meses de idade (Foto: Reprodução)
No Amazonas, cerca de 20 mil pessoas que sofrem de transtorno evasivo do desenvolvimento, mais conhecido como autismo, passam a usufruir de benefícios previstos nos artigos 244 e 248 da Constituição do Estado, que são destinados aos portadores de deficiência, em virtude da aprovação do Projeto de Lei 02/2011.
A proposta legislativa, de autoria do deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa (ALE-AM), Ricardo Nicolau (PRP), recebeu parecer favorável das Comissões de Constituição, Justiça e Redação; Finanças Públicas; e de Saúde, Previdência, Assistência Social e Trabalho, além de ser aprovada, por unanimidade, pelos 14 deputados que estiveram presentes nesta quinta-feira (24), no plenário da ALE-AM.
A nova lei prevê a criação e manutenção de unidades específicas para atendimento integrado de saúde e educação, especializados no tratamento de pessoas deficientes, dentre eles, os portadores de autismo.
Outro ponto inclui a realização de diagnóstico precoce do transtorno, ou seja, já entre 14 e 36 meses de idade, para que haja intervenção na adaptação e no ensino do portador de autismo, bem como sistematizar treinamento para médicos do sistema público de saúde, a fim de que este diagnóstico seja o mais rápido e eficiente possível.
Tratamentos previstos
O projeto de lei aprovado pela Assembleia também prevê a disponibilização de todo o tratamento especializado para os portadores de autismo, entre os quais: fonoaudiologia, aprendizado - através de aplicação de metodologias e atividades de natureza pedagógica especializada, com assistência terapêutica, se necessário - psicoterapia comportamental (psicologia), acompanhamento com psicofarmacologia (psiquiatria infantil); capacitação motora (fisioterapia); diagnóstico físico constante (neurologia); métodos aplicados ao comportamento (Aba, Teacch, Sonrise e outros); educação física adaptada; e musicoterapia.
Fonte dos recursos
A obrigação do Estado poderá ser cumprida diretamente, através de convênios ou de parcerias com a iniciativa privada e sempre em unidades dissociadas das destinadas a atender pessoas com distúrbios mentais genéricos.
Os recursos necessários para atender os serviços apresentados na lei serão provenientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Associação elogia a iniciativa
Para o presidente da Associação dos Amigos dos Autistas do Amazonas (AMA-AM), Edmando Saunier de Albuquerque, que é pai de um portador do transtorno, a iniciativa da ALE-AM é louvável e beneficia as entidades e instituições de apoio ao autismo no Estado.
“Com a inclusão legal dos autistas entre a categoria de pessoas portadoras de deficiência, é possível buscar apoio e suporte financeiro através de convênios com o governo e a iniciativa privada. Isso é um grande passo para a nossa causa, visto que o autismo é um problema que aflige não só os portadores, mas também suas famílias”.
O autor do projeto, deputado estadual Ricardo Nicolau (PRP), disse que a ideia da proposta de lei ocorreu ano passado, quando foi procurado por pais de portadores do transtorno, que solicitaram que a ALE fizesse uma lei que possibilitasse a aquisição de benefícios semelhantes aos dos portadores de necessidades especiais. “Fico feliz com a postura do parlamento, que entendeu a profundidade, a abrangência e a importância da lei”.

Âmbito municipal
Manaus é a terceira capital do País a incluir autistas entre portadores de deficiência. As demais são Salvador e São Paulo. Um decreto de lei aprovado pela Câmara Municipal no dia 26 de agosto de 2010, além do reconhecimento, estabelece necessidade da adoção de políticas públicas pelo município voltadas ao portador.
Eles podem ter cota na UEA
A Universidade do Estado do Amazonas (UEA) poderá ter cota para portadores de deficiência no vestibular se o requerimento apresentado pelo deputado estadual Adjuto Afonso (PP) na ALE-AM - que indica ao Governo do Estado a alteração da Lei Estadual de nº 2.894/04, que dispõe sobre vagas oferecidas em vestibulares pela UEA - for aprovado.
A indicação, segundo o parlamentar, visa estender os mesmos benefícios às pessoas portadoras de deficiência nos termos da legislação. Ele informou que esse público vive à margem do processo educacional e, portanto, terá a oportunidade de ingressar na vida acadêmica.
“O portador de deficiência física possui inúmeras limitações que o impedem de desempenhar atividades na vida e no trabalho. Suas dificuldades vão além das questões de mobilidade e inclusão no mercado de trabalho. Por este motivo, necessitam da ação política do poder público, no sentido de se promover a efetivação dos instrumentos legais já existentes”.
De acordo com informações da Associação de Deficientes Físicos do Amazonas (Adefa), aproximadamente 15% da população do Amazonas apresenta algum tipo de deficiência. Na UEA, 80% das vagas são reservadas para alunos de escola pública, interioranos e indígenas.
“Caberá ao Estado destinar o número de vagas oferecidas aos portadores de necessidades especiais. Tenho certeza que o governador Omar Aziz atenderá esse pedido”, ressaltou Afonso.

Blog do Max e Mathe: Autismo e Formula 1

Blog do Max e Mathe: Autismo e Formula 1: "O aumento na capacidade para imaginar, do Maxwell foi muito grande e muito significativa!!!! Você pode conferir neste video!!!!!!!!"

Autismo e Formula 1


O aumento na capacidade para imaginar, do Maxwell foi muito grande e muito significativa!!!!
Você pode conferir neste video!!!!!!!!

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

ABA

Convite Palestra
Tema: Análise do comportamento – ABA
Com a Terapeuta Érica Lacerda
Dia: 26/02/11 às 14:00
Local: APADEM- Av: Beira-rio,413- Voldac- Volta Redonda- RJ
Tel: 24 33373683
Email: apademvr@gmail.com

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Blog do Max e Mathe: Ciência prova que autismo é genético!!!!!!!!!! Ser...

Blog do Max e Mathe: Ciência prova que autismo é genético!!!!!!!!!! Ser...

Ciência prova que autismo é genético!!!!!!!!!! Será??????????

O ENSINO ESTRUTURADO PARA AUTISTAS NA ABORDAGEM TEACCH




 Professoras ministrantes:
 

Adriana Helena Bueno Vieira
Graduada  em Pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, com especialização em Psicopedagogia pela Universidade do Estado de Minas Gerais. Especialização em Educação Inclusiva pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Especialização em Neurociência pela Universidade Federal de Minas Gerais. Formação no Currículo Funcional Natural pelo Centro Ann Sullivan Del Peru. Formação no Programa TEACCH pela University of North Carolin – Chappel Hill – USA . Atualmente é Diretora do Complexo Educacional AMEDUCA - Uberlândia. Consultora Educacional do Centro de Educação Especial Essencial – Belo Horizonte/Minas Gerais. Consultora Educacional da APAE de Belo Horizonte. Possui experiência na área da Educação, com ênfase em Educação Especial , atuando principalmente nos seguintes temas: aprendizagem, avaliação da leitura e escrita, avaliação de habilidades cognitivas e metacognitivas, programas de intervenção, transtornos globais do desenvolvimento, deficiência intelectual, distúrbio de aprendizagem e transtorno do déficit de atenção e hiperatividade.

Maria Elisa Granchi Fonseca
Graduada em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas, com especialização em Didática do Ensino Superior pela FEAP-SP. Especialização em Arteterapia pelo Núcleo de Arte e Educação de São José dos Campos/SP. Mestre em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos/SP. Formação no Programa TEACCH pela University of North Carolina – Charlotte – USA.  É coordenadora geral do CEDAP – Centro de Estudos e Desenvolvimento do Autismo e Patologias Associadas da APAE de Pirassununga/SP desde 1993 onde desenvolve programas de intervenção condutual e psicopedagógica para alunos com autismo.  Consultora na área da Educação Especial nas áreas de diagnóstico comportamental, levantamento de habilidades, programação escolar e currículo. Supervisora de atendimentos á autistas nas APAEs. Professora universitária em cursos de Pós Graduação em Educação Inclusiva e Arteterapia.

§  Valor do curso  R$ 150,00

§  Carga Horária - 40 horas

§  Público Alvo - profissionais que atuam com alunos com transtorno do espectro autista de 3 a 14 anos e interessados em geral.

§  Objetivo - Com conteúdo disponibilizado pela Apae de Pirassununga/SP, tem como objetivo capacitar os participantes do curso para compreender o funcionamento das crianças com autismo, atualizar conceitos com relação ao diagnóstico condutual e seus efeitos sobre a aprendizagem; oferecer informações sobre o modelo TEACCH apresentado estratégias para as adequações curriculares necessárias dentro do proposto para cada nível de ensino/faixa etária.

§  Metodologia - leitura de textos, aplicação de questionários, indicação de filmes, realização de atividades práticas, participação em fóruns, chats e avaliação.

§  Conteúdo programático:

MÓDULO I - 10 horas - Caracterizando a clientela

Unidade 01 –  Autismo (histórico, definição, características, diagnóstico (M-CHAT,  CARS, DSM – IV TR  e CID 10) – leitura do texto I: “Transtorno do Espectro Autista”; leitura do texto II “Identificação precoce dos transtornos do autismo”;   indicação de filmes; fórum de discussão dos textos  I e II; tarefa prática: observação de um caso para levantamento dos sinais.
Unidade 02 - Aprendizagem e autismo - texto III “Autismo e estilos de aprendizagem”, fórum de discussão e atividade (questionário).

MÓDULO II – 20 horas – O modelo  TEACCH

Unidade 03 – O modelo TEACCH (histórico, princípios,   fundamentação básica, objetivos, teorias subjacentes; desmitificando o assunto) – leitura de texto IV “O programa TEACCH” e discussão dos itens para análise,  participação no fórum.
Unidade 04 –  Método de Ensino, elaboração de atividades e critérios para a confecção de materiais; conhecendo os  níveis de trabalho (nível I, nível II, nível III e nível IV)  – leitura do texto V “Elaborando tarefas na perspectiva TEACCH”; discussão no fórum; atividade prática            confecção de tarefas e aplicação com crianças com autismo; envio de relatório das atividades.

Módulo III 10 horas – Adequações curriculares para o trabalho com autistas
 Unidade 05 Currículo Escolar; Objetivos educacionais (educação infantil e ensino fundamental), leitura do texto VI “Conversando sobre objetivos educacionais”; discussão no fórum e chat e atividade (questionário com análise crítica).
Unidade 06 – Adequando tarefas com apoio de estruturas visualmente mediadas; leitura do texto VII “Compreendendo o uso da estrutura na elaboração de materiais”.  Atividade avaliativa: elaboração de tarefas estruturadas a partir de um material de origem.







sábado, 12 de fevereiro de 2011

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Blog do Max e Mathe: Livro Transtorno invasivo do Desenvolvimento!!!!!!...

Blog do Max e Mathe: Livro Transtorno invasivo do Desenvolvimento!!!!!!...: "Pessoal , Este livro contém muitas informações sobre Transtorno Invasivo do Devolvimento, Autismo, Sindrome de Rett etc, esta disponivel on..."

Blog do Max e Mathe: CENTROS DE EQUOTERAPIA EM MINAS GERAIS!!!!!!!!!!

Blog do Max e Mathe: CENTROS DE EQUOTERAPIA EM MINAS GERAIS!!!!!!!!!!:

CENTROS DE EQUOTERAPIA EM MINAS GERAIS!!!!!!!!!!



BELO HORIZONTE
CENTRO DE EQUOTERAPIA ALFERES TIRADENTES - CERCAT - Filiado
R. DRABASE Nº580 - PRADO
BELO HORIZONTE - Cep: 30.410-430 - MG
DDD: (31) Telefone: 2123 9528 - 2123-9535 - Fax: 2123-9545



VARGINHA
CENTRO DE EQUITAçãO E EQUOTERAPIA DO SUL DE MINAS
 EQUOSAúDE - Filiado
AV DOS IMIGRANTES - VARGEM
VARGINHA - Cep: 37022-560 - MG
DDD: (35) Telefone: 8417-7979 - 9832-1003



BARBACENA
CENTRO DE EQUOTERAPIA PROF AMAURíCIO AUGUSTO DE PAULA - Agregado
NUCLEO DE EQUIDEOCULTURA/ IFET -
BARBACENA - Cep: - MG
DDD: (32) Telefone: 3693-8612 - - Fax: 3693-8609






ITUIUTABA
CENTRO DE EQUOTERAPIA DA APAE DE ITUIUTABA - Agregado
RUA VEREADOR GERALDO MOISéS SILVA, Nº 69 - UNIVERSITÁRIO
ITUIUTABA - Cep: 38.300-000 - MG
DDD: (34) Telefone: 3269 8381 - - Fax:



 



CACHOEIRA DOURADA
CENTRO DE EQUOTERAPIA E ATENDIMENTO ESPECIALIZADO LTDA - ME - Filiado
RODOVIA MGT 154 KM 05 S/Nº - FAZENDA SAO JOãO
CACHOEIRA DOURADA - Cep: 38370-000 - MG
DDD: (34) Telefone: 3265-1118 - 9948-1284 - Fax:



ASSOCIAçãO DE EQUOTERAPIA VISTA ALEGRE - Filiado
ESTRADA DO SALVATERRA, KM 4,5 - SALVATERRA
JUIZ DE FORA - Cep: 36033-550 - MG
DDD: (32) Telefone: 3212-5831 - 9971-3601




CONSELHEIRO LAFAIETE
CENTRO DE EQUOTERAPIA EQUOAPAE DE CONSELHEIRO LAFAIETE - Filiado
ESTRADA REAL -
CONSELHEIRO LAFAIETE - Cep: 36400-000 - MG
DDD: (31) Telefone: 3761-5511 - - Fax:



CENTRO DE EQUOTERAPIA DA ASSOCIAçãO CASA AMARELA - Filiado
RUA JOAQUIM TEIXEIRA DE OLIVEIRA, 509 - CENTRO
GUARANI - Cep: 36160-000 - MG
DDD: (32) Telefone: 9937-0350 - 3575-1289




PASSOS
NúCLEO DE EQUOTERAPIA APAE DE PASSOS - Filiado
AV. COMENDADOR FRANCISCO AVELINO MAIA, 4.050 - EXPOSIçãO
PASSOS - Cep: 37.900-001 - MG
DDD: (35) Telefone: 3521-1700 - - Fax: 3521-1828




UBERLÂNDIA
CENTRO DE EQUOTERAPIA DE UBERLANDIA - CEDU - Filiado
RUA NORDAU GONÇALVES DE MELO, 80 A - SANTA MONICA
UBERLÂNDIA - Cep: 38400-390 - MG
DDD: (34) Telefone: 9977-2775 - 3235-8658 - Fax:




CENTRO DE EQUOTERAPIA DE UBERLâNDIA
- Filiado
RUA NORDAL GONçALVES MELO, 80 - SANTA MôNICA
UBERLâNDIA - Cep: 38.409-218 - MG
DDD: (34) Telefone: 3235-8658



UBERABA
ASSOCIAçãO MINEIRA DE EQUOTERAPIA(AME) - Filiado
AV DR. RANDOLFO BORGES JUNIOR, 1015 - PQ DAS BARRIGUDAS - UNIVERDECIDADE
UBERABA - Cep: 38064-300 - MG
DDD: (34) Telefone: 3312-6767 - - Fax: 3312-6767



SãO SEBASTIãO DO PARAíSO
ASSOCIAçãO DO CENTRO E REABILITAçãO NEUROLóGICA E EQUOTERAPIA AMOREQUO - Filiado
PARQUE JOãO BERNARDES PINTO SOBRINHO AV DáRCIO CANTIERI, 1950 - SãO JOSé
SãO SEBASTIãO DO PARAíSO - Cep: 37.950-000 - MG
DDD: (35) Telefone: 3558-1515





PIUMHI
CENTRO DE EQUOTERAPIA ORAZIL SOARES - Filiado
RUA GETúLIO VARGAS, 1588 - PQ DE EXPOSIçõES TONICO GABRIEL - OLINDA
PIUMHI - Cep: 37.925-000 - MG
DDD: (37) Telefone: 3371-1593 - - Fax: 3371-5136