quarta-feira, 29 de maio de 2013

ONU pede intervenção precoce para pessoas com espectro do autismo

Secretário-Geral afirma que diagnóstico e tratamento precoces podem ajudar pessoas com transtorno a melhorar suas habilidades

Foto: UN Photo/Evan Schneider
Ban Ki-moon, Secretário-Geral da ONU
Ban Ki-moon, Secretário-Geral da ONU
No Dia Mundial de Conscientização do Autismo, 2 de abril, o Secretário-Geral da ONU Ban Ki-moon pediu atenção internacional para o autismo e outros transtornos do desenvolvimento.
Segundo o secretário, intervenções precoces podem ajudar as pessoas com autismo a alcançar ganhos significativos em suas habilidades.
"Agora é o momento de trabalhar para uma sociedade mais inclusiva, destacar os talentos das pessoas afetadas e assegurar oportunidades para realizar o seu potencial. A atenção internacional é essencial para enfrentar o estigma, a falta de consciência, de estruturas e de apoio inadequados", afirmou Ban.
O autismo é caracterizado por diversos graus de deficiência em habilidades de comunicação e interações sociais e padrões repetitivos de comportamento.
Em sua mensagem de vídeo para o Dia Mundial, Ban Soon-taek, a esposa do Secretário-Geral, observou o compromisso da ONU para aumentar a conscientização sobre o autismo. "Vamos continuar a trabalhar lado a lado com os indivíduos afetados para fortalece suas vidas e ajudar a sociedade como um todo", afirma a Sra. Ban.
Em Nova York, dois painéis de discussão acontecem hoje para celebrar as capacidades das pessoas com autismo. A sede da ONU em Nova York também está organizando uma performance musical, que inclui artistas com autismo, bem como uma sessão de cinema.
Dia Mundial
A Assembleia Geral aprovou por unanimidade, em dezembro de 2007, o dia 02 de abril como Dia Mundial de Conscientização do Autismo para destacar a necessidade de ajudar a melhorar as vidas de crianças e adultos que sofrem da condição, para que possam levar uma vida plena e significativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário